Artigos em Destaque

terça-feira, 31 de agosto de 2010

Abhyanga (Massagem Ayurvédica)

Abhyanga é uma massagem corporal e facial realizada com óleos de ervas específicos para cada dosha; trata-se de uma prática utilizada desde a antiguidade. Esta massagem nutre os tecidos, equilibra os doshas, é rejuvenescedora, remove as toxinas das células, aumenta a força e a virilidade e diminui o stress e a tensão. Na Índia tal prática é recomendada diariamente, sendo comparada em importância ao comer e ao dormir.
Segundo o Ayurveda, as dores são causadas pelo acúmulo de energia estagnada que acaba por obstruir o fluxo energético do corpo. Quando a massagem é realizada, o calor gerado faz a energia fluir, aliviando a tensão e diminuindo a dor. A pessoa respira melhor, mais profundamente; além de sentir-se relaxada, dorme melhor, regulariza o apetite e em geral torna-se uma pessoa mais satisfeita com a vida.
O tipo de óleo a ser utilizado vai variar de acordo com a constituição do indivíduo.  Os óleos minerais não são aconselhados para massagem; os melhores são os vegetais, prensados a frio porque nutrem a pele e previnem o envelhecimento.
De um modo geral, para pacientes tipo Pitta os óleos indicados são de côco ou girassol; para os tipo Vata o melhor é o de gergelim e para os Kapha os óleos de mostarda, amêndoa ou milho são os mais adequados.


Geralmente, abhyanga é aplicado com substâncias mornas, mas ocasionalmente pode-se utilizar óleos frios, principalmente para condições de excesso de Pitta (calor aumentado).


O Abhyanga pode ser feito em conjunto com  a terapia marma

O Abhyanga tem efeitos muito mais profundos e duradouros do que a massagem usual que usa óleos minerais ou loções. Esta técnica alcança efeitos curativos profundos, harmonizando naturalmente Corpo-Mente-Espírito. 


Veja alguns dos principais benefícios:

                      Aumenta a força dos tecidos
                      Melhora a circulação de sangue  
                      Longevidade  
                      Diminui a celulite 
                      Embeleza a pele 
                      Retarda o envelhecimento
                      Induz o sono restaurador 
                      Promove a vitalidade 
                      Equilibra os doshas
                      Reduz a tensão 
                      Remove as toxinas do organismo

O medo de ficar só!

Se o medo existe, é provável que ele tenha influência em sua vida, porque você sempre agirá de uma maneira para que não fique só, seja qual for o preço que tenha que pagar, mesmo que você tenha que permanecer uma escrava por toda a sua vida. Se você tiver que vender a sua alma, você venderá, mas você permanecerá cercada pela multidão. Isso parecerá aconchegante, seguro, protegido. Você saberá quem é você.


Isso destruirá toda a sua beleza espiritual, sua glória espiritual. Isso destruirá todas as possibilidades de seu crescimento interior. E isso vai influenciar seus relacionamentos. Milhões de pessoas continuam em relacionamentos que são simplesmente infernos; mas devido ao medo de que possam ser deixadas sós, elas continuam agarradas. Isso é miserável, é um grande sofrimento, é uma tortura, mas pelo menos alguém está com você.


Fazendo a comparação, é melhor ser miserável estando com alguém do que ser deixado só. Esta é uma das razões porque milhões de pessoas continuam sofrendo e continuam agarradas aos mesmos relacionamentos que não estão lhes dando qualquer alimento e simplesmente são destrutivos e suicidas.

(Osho)

quarta-feira, 25 de agosto de 2010

Filme: A Origem

Ficha:
Título original: Inception
Duração: 148 minutos (2 horas e 28 minutos)
Gênero: Ação / Ficção Científica
Direção: Christopher Nolan
Ano: 2010
País de origem:EUA / REINO UNIDO










Sinopse:
Dom Cobb (Leonardo DiCaprio) é um habilidoso ladrão, o melhor na perigosa arte da extração, o roubo de segredos valiosos das profundezas do inconsciente durante o sono  com sonhos, quando a mente está mais vulnerável. A rara habilidade de Cobb o tornou peça fundamental no traiçoeiro mundo da espionagem industrial, mas também o tornou um fugitivo internacional e ele perdeu tudo o que mais amava. Agora, Cobb tem sua chance de redenção, um último trabalho que pode dar-lhe sua vida de volta se ele conseguir o impossível - inserção. Ao invés do roubo  perfeito, Cobb e sua equipe de especialistas têm que obter o inverso: sua tarefa não é roubar uma  ideia, mas plantar uma. Se eles conseguirem, terão o crime  perfeito. Mas nem todo seu planejamento poderia prepará-los para um perigoso inimigo que parece prever cada movimento da equipe. Um inimigo que apenas Codd consegue enfrentar.


Comentário:
Um excelente filme que nos faz pensar nas realidades que criamos a todo instante, nas ilusões que criamos em nossas vidas e muitas vezes, já não sabemos o que é realmente a realidade e o que é ilusão da nossa mente. Vale a pena assistir...

Viva o HOJE!

O Medo do amanhã destrói o seu presente, isso é um círculo vicioso!
Então a primeira coisa a lembrar é: não se preocupe com o amanhã, basta o hoje. Alguém ama você..., faça com que esse seja um dia de alegria, um dia de celebração. Fique totalmente no amor hoje e essa totalidade e esse amor serão suficientes para que esta pessoa não se afaste de você. O seu ciúme a afastará;  só seu amor pode mantê-la com você. Não pense no amanhã. No momento em que você pensa no amanhã, o seu vibrante dia de hoje fica sem graça. Viva simplesmente o hoje, e deixe de lado o amanhã;  ele seguirá seu próprio curso.
E lembre-se de uma coisa: se o dia de hoje for uma experiência bela, como uma benção - o amanhã é fruto do hoje, então para que se preocupar?


Osho

sexta-feira, 20 de agosto de 2010

4 Passos para o "Verdadeiro Amor".



Para vivenciarmos o verdadeiro amor, quatro passos devem ser celebrados.


O primeiro passo é: esteja aqui e agora - porque o amor só é possível aqui e agora.


O segundo passo em direção ao amor é libertar-se dos sentimentos negativos… porque muitas pessoas amam, mas seu amor está contaminado por sentimentos como ciúme, possessividade, medo.


O terceiro: compartilhe. O amor é uma fragrância a ser compartilhada, irradiada. O amor não pode ser acumulado; ele só pode ser compartilhado.


E o quarto: seja um nada. Somente quando você está vazio de você, há o amor. Quando você está cheio de ego não é possível amar.


O amor e o ego não podem existir juntos. É impossível o amor e o ego estarem juntos porque amor e Deus são sinônimos.


Somente uma pessoa que aprendeu a amar é madura. Uma pessoa madura não “cai de amor”, ela se “eleva no amor”.


E quando duas pessoas maduras estão se amando, um dos maiores paradoxos da vida acontece.


Elas estão juntas, são quase um, mas esta unidade não destrói a individualidade. Na verdade realça.


Duas pessoas maduras em verdadeiro amor ajudam-se mutuamente a se tornarem mais livres, mais plenas, mais completas.

(Osho)

quinta-feira, 19 de agosto de 2010

Ser Terapeuta...

Ser Terapeuta é basicamente uma função do AMOR,e o amor somente flui quando não há ego. 
Você só pode ajudar o outro na medida em que você não é egoísta. No momento em que o ego entra, o outro se torna defensivo.


O ego é agressivo; ele cria uma necessidade automática no outro de ser defensivo.


O AMOR é não agressivo, ele ajuda o outro a permanecer vulnerável, aberto, não defensivo. 


Portanto, sem AMOR não há Terapeuta.


O AMOR relaxa o outro.
O AMOR dá confiança,ao outro.
O AMOR banha o outro,cura suas feridas.


(Osho)

quinta-feira, 5 de agosto de 2010

O Filme: Comer Rezar Amar - Estreia 1º de outubro de 2010


O livro Comer, Rezar e Amar  fez um grande sucesso, tanto que virou filme  e com grandes atores no elenco.


Julia Roberts  interpreta a personagem principal, o filme baseado em uma história real. Elizabeth Gilbert ao completar 30 anos, ter se casado várias vezes e tido muitos namorados – todos sem sucesso – tinha tudo que muitas pessoas sonham em ter, mas ela não tinha mais o que realmente precisava: vontade de viver.


Foi assim que ela decidiu então largar tudo, arriscar tudo o que conquistou para tentar resgatar a felicidade de viver. Viajar pelo mundo, Itália, Índia e Bali serão os destinos de Elizabeth. Irá provar as melhores comidas (Comer), meditar e buscar a paz interior (Rezar), e aproveitar tudo que um bom relacionamento tem a nós oferecer (Amar).


Uma linda lição de vida, e uma belíssima história. Comer Rezar Amar estreia nos cinema dia 1º de Outubro de 2010. 


Veja o Trailer

Mais informações no site: http://www.comerrezaramar.com.br

Karma Familiar

Desenvolvimento Humano

Eventos

Terapias Naturais

Posts Mais Lidos